Abbas suspende reunião com primeiro-ministro palestino

O presidente palestino, Mahmud Abbas, suspendeu neste sábado, 24, uma reunião com o titular do governo liderado pelo Hamas, criando um novo obstáculo nas negociações para que ambas as partes cheguem a um acordo de como partilhar o poder. Havia sido previsto que Abbas e o primeiro-ministro palestino, Ismail Haniye, do Hamas, se reuniriam no sábado. Anteriormente, funcionários de ambas as partes haviam expressado seu otimismo de que um acordo seria firmado. Pessoas próximas do presidente palestino disseram que Abbas cancelou a reunião porque não estava de acordo com a posição do grupo islâmico em vários pontos-chave. Os funcionários do partido Fatah, de Abbas, que falaram em condição de anonimato, disseram que o presidente palestino quer que sejam resolvidos todos os temas ainda não acordados, antes de se reunir com Haniye.Abbas tem pressionado o Hamas para que ele aceite uma proposta que reconhece implicitamente Israel e anuncia que, em caso contrário, realizará um referendo em 26 de julho. O presidente palestino lançou a alternativa como forma de acabar com semanas de violência interna e de aliviar um boicote financeiro internacional contra o Hamas. Porém, o partido, que jurou pela destruição de Israel, se nega a aceitar o pedido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.