Abbott toma posse como premiê da Austrália

O conservador Tony Abbott assumiu o posto de primeiro-ministro da Austrália nesta quarta-feira e imediatamente ordenou a redução do imposto sobre o carbono e a aplicação de medidas para impedir a chegada de barco de imigrantes ilegais ao país à procura de asilo.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 04h37

O líder do Partido Liberal australiano tomou posse durante cerimônia no Palácio do Governo, em Camberra. A entrada de Abbott representa o encerramento de um ciclo de seis anos de governo trabalhista na Austrália.

"Hoje não é apenas um dia de cerimônia, é um dia de ação. Os australianos esperam que eu vá direto ao assunto e é isso exatamente o que este governo vai fazer", disse Abbott."Seremos um governo de resolução de problemas com base em valores e não de ideologia", completou diante da governadora-geral, Quentin Bryce.

Além de Abbot, a maioria de seus ministros assumiu a função nesta quarta-feira. O gabinete conta apenas com uma mulher entre os seus 20 membros. Julie Bishop será ministra das Relações Exteriores. O governo trabalhista tinha seis mulheres em seu gabinete. Joe Hockey assumiu como tesoureiro, George Brandis como procurador-geral e Warren Truss como vice- primeiro-ministro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.