Abdullah II discute paz com palestinos e israelenses

O rei da Jordânia, Abdullah II, convidou políticos e pacifistas palestinos, israelenses e americanos para uma reunião na próxima semana, para tratar sobre a reativação do estagnado processo de paz do Oriente Médio.Entre as figuras políticas israelenses convidadas à reunião se encontra a presidente do Knesset (o Parlamento israelense), Dália Itzik, informaram fontes oficiais jordanianas, que não informaram a data exata do encontro.Indicaram que o monarca discutirá com seus hóspedes os meios para reativar o processo sobre a base do plano de paz árabe, relançado na Cúpula Árabe realizada em Riad, a capital saudita, em março.O convite a esta reunião acontece depois de o soberano jordaniano pedir, no começo desta semana, que Israel responda positivamente a essa iniciativa de paz que, segundo ele, outorga uma "valiosa oportunidade" para estabelecer a paz entre palestinos e israelenses.O plano prevê o reconhecimento de Israel pela totalidade dos países árabe em troca de sua retirada de todos os territórios árabes ocupados na guerra de junho de 1967, incluindo Jerusalém Oriental.Na Cúpula Árabe de Riad foi formada uma comissão para promover o plano nas principais capitais do mundo. No marco dessa campanha, Abdullah II visitou na quarta-feira Paris, onde se reuniu com o presidente francês, Jacques Chirac, para explicar-lhe os detalhes do plano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.