Abramovich é eleito presidente de assembléia russa

O magnata russo Roman Abramovich ressurgiu hoje na cena política do país apenas três meses depois de renunciar ao cargo de governador de uma remota província ártica. O bilionário dono do time britânico de futebol Chelsea foi eleito por unanimidade presidente da Assembléia Legislativa da província de Chukotka, informou o governo regional em sua página na internet.O magnata do petróleo aliado do Kremlin foi governador de Chukotka durante oito anos antes de o presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, ter permitido sua renúncia em julho último. O antecessor de Medvedev, Vladimir Putin, recusava-se a aceitar a renúncia de Abramovich. Acredita-se que o magnata tenha atraído milhões em investimentos na região, cuja população é de apenas 50.000 habitantes e fica de frente para o Alasca. Os territórios são separados apenas pelo Estreito de Bering. Amplamente popular na região, Abramovich foi eleito para a Assembléia Legislativa no início do mês com 97% dos votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.