Abril foi mês mais violento no Iraque desde junho/2008

A missão da Organização das Nações Unidas (ONU) no Iraque informou que mais pessoas foram mortas em ataques violentos em todo o país em abril do que em qualquer outro mês desde junho de 2008.

Agência Estado

02 de maio de 2013 | 08h38

Os dados da ONU, divulgados nesta quinta-feira, deixam claro as preocupações de que a segurança está se deteriorando rapidamente no Iraque, onde a violência deu um salto no final do mês.

A ONU registrou a morte de 712 pessoas no mês passado, dentre elas 117 integrantes das forças de segurança iraquianas. A capital Bagdá foi o local mais atingido.

Os números de mortos e feridos variam consideravelmente no Iraque. Dados oficiais muitas vezes diferem dos divulgados pela polícia ou funcionários de hospitais. A Associated Press registrou mais de 400 mortes em abril.

Entre 2006 e 2007, o Iraque registrou seu período de maior violência e esteve à beira de uma guerra civil. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolênciaabril

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.