Abu Ghraib está sem prisioneiros, segundo Ministério da Justiça

O vice-ministro da Justiça iraquiano, BushuIbrahim, anunciou nesta segunda-feira que as tropas americanas retiraram todos ospresos que estavam na prisão de Abu Ghraib. "A prisão de Abu Ghraib foi totalmente esvaziada de prisioneirosem 15 de agosto e a responsabilidade pela prisão foi transferida àsautoridades iraquianas", afirmou Ibrahim, citado pela rádio local"Dayla". O presídio de Abu Ghraib, construído na década de 70, foidestaque nos meios de comunicação em abril de 2004 devido aosabusos, torturas e maus-tratos que vários soldados americanosencarregados de sua administração cometiam contra os prisioneiros. O vice-ministro acrescentou que o Governo iraquiano ainda nãodecidiu se o edifício continuará abrigando uma prisão ou se teráoutras funções. Abu Ghraib, situada 50 quilômetros ao oeste de Bagdá, abrigoucerca de 3 mil prisioneiros que eram supervisionados diretamentepelas forças americanas, responsáveis por outras três prisões noIraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.