Abuso evoca Abu Ghraib

Em 2004, soldados americanos torturaram e abusaram sexualmente de detentos na prisão iraquiana de Abu Ghraib, a 32 km de Bagdá. Fotos publicadas no MySpace ganharam repercussão no programa 60 Minutes, da rede de TV ABC e obrigou o então chefe do Pentágono, Donald Rumsfeld, a se retratar. Após um inquérito militar, 11 oficiais foram condenados, entre eles Lynndie England, conhecida por colocar uma coleira em um preso iraquiano e tirar fotos de outros detidos nus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.