Acampamento militar norueguês é atacado no Afeganistão

Cerca de 300 manifestantes atacaram, nesta terça-feira, com pedras uma base norueguesa ferindo dois militares, informou um porta-voz do Exército em Oslo. A base, que fica no noroeste do Afeganistão, mantém 33 soldados e um policial, todos da Noruega.Os manifestantes entraram na base e queimaram parte do material, disse o porta-voz do exército norueguês, Christian Overli, à rádio NRK. Segundo ele, a polícia afegã dispersou os manifestantes disparando tiros para o alto.Os manifestantes queimaram uma cabine de controle e um veículo militar e, após o ataque, o comando do acampamento norueguês pediu reforços.O porta-voz da Defesa norueguês relacionou o ataque aos protestos contra a publicação das caricaturas de Maomé pela imprensa norueguesa.No sábado, a embaixada da Noruega em Damasco foi atacada por manifestantes que protestavam contra a publicação dessas charges, e o governo de Oslo decidiu pedir uma indenização ao Executivo sírio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.