Ação atrai TVs da Europa e afeta orçamento da BBC

O resgate dos mineiros chilenos virou um reality show também na Europa. Na Espanha, a libertação dos 33 duplicou a audiência e fez autoridades admitirem ter acompanhado a operação pela TV como se fosse uma novela. Na Grã-Bretanha, o resgate ofuscou até mesmo o aniversário de 85 anos de Margaret Thatcher, maior ícone político do país.

Andrei Netto CORRESPONDENTE / PARIS, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2010 | 00h00

A cobertura ao vivo da BBC, por 36 horas seguidas, obteve a terceira maior audiência da história, com 6,8 milhões de telespectadores. O destaque foi tão grande que provocou críticas. O custo da cobertura ultrapassou US$ 160 mil. Como a TV é pública, seu orçamento é alvo de escrutínio e, agora, a emissora pode ter de reduzir a cobertura da cúpula sobre o clima, marcada para Cancún, em novembro, para reequilibrar o caixa.

O canal europeu 24 Horas passou de 19 mil televisores ligados para 61 mil, dobrando sua fatia no mercado de TV digital. Na CNN em espanhol, o pico de audiência reuniu 53 mil aparelhos - o triplo de um dia normal. Na França a cobertura foi mais discreta. Todas as TVs enviaram jornalistas para o evento, mas não houve interrupção da programação normal, nem flashes ao vivo fora dos telejornais. / COLABOROU DANIELA MILANESE, DA AGÊNCIA ESTADO EM LONDRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.