Ação de cartéis começou a crescer nos anos 90

O México tomou o lugar da Colômbia nos anos 90 como principal fornecedor de drogas para os EUA. Atualmente, dois grandes cartéis comandam o tráfico de drogas no México: o de Tijuana, chefiado pela família Arrellano Felix, e o de Ciudad Juárez, na fronteira com o Texas, que foi fundado por Amado Carrillo Fuentes. Há ainda três outras pequenas, mas poderosas organizações: o Cartel do Golfo do México, a família Caro Quintero, em Sonora, e a Amezcua, na cidade de Guadalajara. Nos últimos três anos, mais de 15 mil mexicanos morreram na guerra às drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.