AFP PHOTO / Nazeer al-Khatib
AFP PHOTO / Nazeer al-Khatib

Ação de homem-bomba no norte da Síria deixa ao menos 10 mortos e vários feridos

Ativistas afirmam que atentado foi cometido por um membro do grupo jihadista Estado Islâmico

O Estado de S.Paulo

11 de outubro de 2016 | 10h39

BEIRUTE - Pelo menos 10 pessoas morreram e diversas ficaram feridas após um homem-bomba se explodir em uma vila no norte da Síria nesta terça-feira, 11, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH). A explosão ocorreu em Al-Mashi, que fica próximo à cidade de Manbij.

Segundo ativistas, atentado foi cometido por um membro do grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

O Observatório afirmou que os mortos e feridos somam um total de 30 pessoas, embora, por enquanto, só foram capazes de confirmar a morte de 10.

As vítimas são, em sua maioria, membros da família do parlamentar sírio Diab al Mashi, que estava visitando sua cidade natal. Ele é um dos mais antigos do Parlamento sírio, onde ocupa uma cadeira há 55 anos. Até o momento, não foi confirmado se o político está entre os mortos no ataque.

Em agosto, forças apoiadas pelos EUA capturaram Manbij e seus arredores dos extremistas. / REUTERS e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.