Ação militar mata mais de 100 militantes do Talebã

Segundo uma autoridade do Afeganistão, mais de 100 militantes do Talebã foram mortos em duas diferentes batalhas no sul do país. Daud Ahamdi, porta-voz do governo da província de Helmand, disse que 62 membros da milícia morreram na manhã deste domingo vítimas de tropas afegãs e bombardeios aéreos das tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em um ataque-surpresa em Lashkar Gah, capital da província. Ahmadi disse que outros 40 guerrilheiros foram mortos em três dias de combate no distrito de Nad Ali, em Helmand, que ainda está sob controle Talebã. O conflito cessou no sábado. Ainda segundo o porta-voz, não houve mortes nas tropas afegãs ou estrangeiras. O sul do Afeganistão é o centro da insurgência liderada pelo movimento islamita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.