Ação na Líbia deve durar semanas, diz almirante francês

O chefe das Forças Armadas da França, almirante Edouard Guillaud, afirmou hoje que as operações militares da coalizão internacional na Líbia devem durar "semanas". Em entrevista à rádio France Info, ele disse esperar que elas não durem muito tempo. "Eu duvido que serão dias, penso que serão semanas, e espero que não sejam meses", disse.

AE, Agência Estado

25 de março de 2011 | 11h20

"Não haverá a situação de se demorar militarmente. É óbvio que a solução é política", afirmou. "Claramente, é uma questão de se encontrar soluções políticas, mas este não é nosso domínio", avaliou Guillaud. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaataquescoalizãoFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.