Acapulco registra 7ª morte de criança em cinco dias

A polícia do balneário mexicano de Acapulco, no Estado de Guerrero, encontrou o corpo de uma menina de 4 anos, que aparentemente foi morta com tiros no peito - foi a sétima criança morta na violência ligada ao narcotráfico em menos de uma semana. A polícia disse que o corpo da criança foi encontrado em um carro, ao lado do corpo de uma mulher que levou três tiros nas costas.

AE, Agência Estado

17 de março de 2011 | 17h40

O comunicado diz que os corpos foram encontrados na madrugada de hoje. A polícia não informou a identidade das vítimas e também não discutiu nenhuma possível motivação para os crimes.

Pelo menos sete crianças foram mortas na violência relacionada ao narcotráfico em Acapulco desde o domingo passado, incluídos dois meninos de 2 e 6 anos, executados a tiros junto a uma idosa que tentou protegê-los, quando homens armados invadiram a casa onde eles viviam. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicomorteAcapulcocriança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.