Acelerador de partículas bate recorde de energia

A Organização Europeia de Pesquisa Nuclear (Cern, na sigla em francês) informou hoje que o Grande Colisor de Hádrons produziu 50.000 choques de prótons e alcançou o maior nível de energia já registrado. Os testes realizados durante o fim de semana comprovam que o equipamento, instalado em uma área subterrânea sob a Suíça e a França, está funcionando bem, segundo avaliação do Cern.

AE-AP, Agencia Estado

14 de dezembro de 2009 | 12h36

Rolf Heuer, diretor-geral da organização, disse que o trabalho preparou o Grande Colisor de Hádrons para experiências a serem realizadas em 2010, liberando um nível ainda maior de energia. A máquina de US$ 10 bilhões está passando por testes depois de ter sofrido avarias ao ser colocada em funcionamento, no ano passado. A expectativa é a de que o equipamento possa ser usado para investigar fenômenos físicos como a matéria escura e a antimatéria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.