Achado navio romano naufragado há 18 séculos

Arqueólogos encontraram na Holanda um navio que compunha uma frota armada romana há 18 séculos. O navio, construído por volta do ano 180 da Era Cristã, foi encontrado enterrado em um campo da Holanda, perto de onde hoje fica De Meern, onde antigamente passava o Rio Reno. O estado de conservação do navio é impressionante. ?E o que é mais emocionante é que seu tipo é ligeiramente diferente de outro encontrado? disse Andre van Holk, um arqueólogo marítimo que participa das escavações. ?Ele é mais longo e mais fino?.O navio tem 25 metros de comprimento e está com a parte exterior intacta; ainda guarda a base dos mastros e os pregos utilizados na construção. Embora o navio não estivesse carregado quando afundou, alguns detalhes sugerem que ele poderia ter sido usado por um tesoureiro que navegava pelo rio levando suprimentos aos militares romanos em campo, ao longo do Reno.O navio foi encontrado próximo a um acampamento na cidade De Meern, a aproximadamente sete quilômetros a leste de Utrecht, onde uma base militar romana foi encontrada. Segundo os arqueólogos, esse é um dos poucos navios romanos já encontrados ao norte dos Alpes. Os romanos chegaram primeiramente na região sob o comando de Júlio César, por volta do ano 53 antes de Cristo, e o Rio Reno mais tarde se transformou numa das fronteiras do Império Romano. Nestes quase 2 mil anos, o Reno mudou de curso naquela região, e diversos construções romanas ficaram enterradas sob uma camada de lama, argila e areia. A ilustração abaixo é uma reconstituição, feita por um artista, de como deveria ser o navio na época em que naufragou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.