Achados 10 cadáveres de pessoas baleadas e enforcadas no Iraque

Dez cadáveres de homens assassinados a tiros e enforcados foram encontrados neste domingo em diferentes áreas da capital iraquiana, informaram fontes da segurança local. Alguns dos corpos apresentam sinais de tortura, informou o capitão de polícia Wisam Saad, que lembrou que no sábado sete cadáveres com as mãos atadas foram encontrados também em Bagdá. Ainda no domingo, dois membros da milícia radical xiita "Exército Mehdi" ficaram feridos na explosão de duas bombas em uma casa da cidade santa xiita de Najaf, cerca de 180 quilômetros ao sul de Bagdá. As duas bombas caíram perto da casa do líder da milícia, o clérigo Moqtada Al-Sadr, segundo relatou um de seus porta-vozes, Hassan al Zarqani, que responsabilizou as tropas americanas pelo incidente. "Esse ataque é uma mensagem das tropas de ocupação americanas dirigida a Al-Sadr, para adverti-lo de que está ao alcance do fogo americano a qualquer momento", indicou Zarqani. O ataque também tem o objetivo, segundo o porta-voz, de fazer com que o clérigo xiita diminua o tom de suas críticas contra a presença de tropas estrangeiras no Iraque.

Agencia Estado,

26 Março 2006 | 12h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.