Adamis Guerra / EFE
Adamis Guerra / EFE

Acidente aéreo mata 11 militares na Colômbia

Avião sofreu falha em motor e caiu em região agropecuária; nenhum passageiro sobreviveu

O Estado de S. Paulo

31 de julho de 2015 | 20h44

BOGOTÁ - Um avião de transporte militar sofreu uma falha em um motor e caiu em uma região agropecuária do norte da Colômbia, causando a morte de 11 pessoas, informou a Força Aérea.

O avião CASA C-295 de fabricação espanhola foi encontrado destruído e carbonizado perto do município de Codazzi, no departamento de Cesar, cerca de 600 quilômetros a nordeste de Bogotá e próximo à fronteira com a Venezuela.

"Nossas sentidas condolências a seus familiares", declarou o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, em sua conta oficial no Twitter

Entre as vítimas, todas integrantes da Força Aérea, estavam um major, um tenente e nove suboficiais. Informações indicam que aeronave partiu da Base de Palanquero, no centro do país.

"Ao ser localizado o avião que havia reportado uma falha em um motor, foi possível estabelecer que não havia sobreviventes neste lamentável acidente", afirmou o comunicado oficial. 

As Forças Militares da Colômbia possuem várias aeronaves do modelo CASA para o trasporte de tropas. /REUTERS e EFE


Tudo o que sabemos sobre:
aviãoacidente aéreomilitarColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.