Acidente aéreo mata ministra da Defesa do Equador

A ministra da Defesa do Equador, Guadalupe Larriva, morreu nesta quinta-feira (horário de Brasília) quando o helicóptero no qual viajava bateu em outro, no aeroporto da cidade de Manta, no litoral equatoriano, confirmou Juan Carlos Toledo, porta-voz do governo.O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou que seu país vive um momento "muito difícil". Ele confirmou a morte de Larriva, em breves declarações a jornalistas, antes de partir de Guayaquil para Manta."Só peço ao povo equatoriano que reze pela ministra, pela sua filha e pelos pilotos", acrescentou Correa, visivelmente consternado.O acidente aconteceu por volta das 21h (0h de Brasília). Dois helicópteros em vôo colidiram por acidente, disse Toledo, após informar que também morreu uma das filhas da ministra, que estava com ela, e pelo menos mais cinco pessoas. Matéria alterada às 01h47 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.