Acidente aéreo no sul do país mata 32, entre eles vários políticos sudaneses

Trinta e duas pessoas morreram ontem em um acidente de avião no sul do Sudão. Entre os mortos está o ministro de Orientação Islâmica Ghazi al-Sadeq (foto). Em breve comunicado, a televisão estatal sudanesa explicou que a aeronave caiu em uma montanha por causa das más condições do tempo. Os políticos estavam a caminho de Taludi, no Estado de Kordofão do Sul, onde se celebrava o festival Eid al-Fitr, que marca o fim do mês sagrado do Ramadã. Além de al-Sadeq, também estavam no avião o governador de um distrito de Cartum, Tareq Ibrahim, o líder do partido A Justiça, Meki Ali Balayelos, e os ministros de Juventude e Esporte, Mahyub Abderrahim, e Meio Ambiente e Turismo, Aisa Daifala.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.