Acidente com balsa no Nilo deixa sete mortos

Pelo menos outras sete continuam desaparecidas; rampa de acesso à embarcação pode ter desabado

Associated Press e Agência Estado,

15 de outubro de 2007 | 10h38

Equipes de resgate retiraram sete corpos do Rio Nilo depois de um acidente com uma balsa superlotada no sul do Egito, informou a polícia local nesta segunda-feira, 15. Há ainda pelo menos sete pessoas consideradas desaparecidas e integrantes das equipes de resgate acreditam que essas vítimas tenham se afogado no incidente ocorrido no fim de semana. As buscas eram dificultadas nesta segunda pela forte correnteza e pela água turva na região do acidente, disse Mina Zekri, comandante da patrulha naval da província de Minya. Ainda não se sabe ao certo o que aconteceu. No momento da tragédia, a pequena balsa superlotada estava atracada na margem oeste do Nilo na aldeia de Bani Hassan, cerca de 220 quilômetros ao sul do Cairo. Em meio a relatos conflitantes, policiais apuraram que uma rampa de acesso à embarcação aparentemente desabou no momento do embarque, fazendo com que dezenas de pessoas caíssem no rio.

Tudo o que sabemos sobre:
Egitoacidentebalsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.