ERNESTO BENAVIDES / AFP
ERNESTO BENAVIDES / AFP

Acidente com ônibus de simpatizantes de Alan Garcia deixa ao menos 7 mortos

Aparentemente, o motorista do ônibus adormeceu e bateu com o veículo contra uma parede de retenção de uma ponte

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2019 | 11h29

LIMA - Pelo menos 7 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas na madrugada desta sexta-feira, 19, no Peru, em um acidente envolvendo um ônibus que transportava militantes do Aliança Popular Revolucionária Americana (Apra) para o funeral do ex-presidente Alan García.

De acordo com fontes do partido e da polícia peruana, o ônibus sofreu o acidente a 154 quilômetros de Lima, na Província de Huacho. O grupo de ativistas políticos tinha partido da cidade de Piura. Eles participariam, nesta sexta-feira, 19, do último adeus ao líder de seu partido, que cometeu suicídio na quarta-feira. 

O congressista do Apra, Jorge del Castillo, confirmou a notícia por meio de suas redes sociais e expressou a dor do grupo por essa nova tragédia. 

Aparentemente, o motorista do ônibus adormeceu e bateu com o veículo contra uma parede de retenção de uma ponte. De acordo com passageiros sobreviventes, o impacto teria causado o arremesso de várias pessoas que viajavam no andar de cima do ônibus, algumas caíram em um rio próximo. 

Milhares de pessoas, incluindo políticos e autoridades, velaram na quinta-feira os restos mortais de Garcia, que tinha 69 anos, em um funeral em que sua família dispensou honras de chefes de Estado. Nesta sexta-feira, o corpo do ex-presidente peruano deve ser cremado após uma cerimônia somente para a família.

Alan García morreu na quarta-feira depois de atirar contra sua cabeça quando um promotor e a polícia chegaram a sua casa para prendê-lo em consequência de investigações de supostos subornos da empresa brasileira Odebrecht. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Alan GarcíaPeru [América do Sul]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.