Acidente com ônibus deixa 25 mortos no Paquistão

Um ônibus que seguia em alta velocidade saiu da estrada numa região montanhosa da Caxemira paquistanesa, sofrendo uma queda de 300 metros na estrada que corta o Himalaia. O acidente matou 25 pessoas e deixou 30 feridos. O ônibus viajava de Muzaffarabad, a capital da Caxemira paquistanesa, para Daban, no Vale Jehlum, disse o policial Sardar Ilyas. Equipes de resgate recuperaram 25 corpos e enviaram 30 feridos para o hospital, alguns dos quais em estado grave, disse ele.

AE-AP, Agencia Estado

17 de setembro de 2009 | 13h43

O primeiro-ministro do Paquistão, Yousuf Raza Gilani, expressou, em comunicado, "tristeza e pesar com a morte de vidas preciosas". O acidente ocorreu meia hora antes do término do jejum do ramadã. Segundo Ilyas, aparentemente o motoristas estava correndo para chegar logo ao seu destino e encerrar o jejum. Muçulmanos devotos fazem o jejum do amanhecer até o anoitecer durante o mês sagrado do ramadã.

Tudo o que sabemos sobre:
acidentePaquistãoônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.