Acidente com ônibus mata 57 pessoas no México

Pelo menos 57 pessoas morreram nesta segunda-feira em Veracruz, no leste do México, quando um ônibus caiu em um barranco durante a manhã, informou a Polícia Federal Preventiva. O porta-voz do departamento, Daniel Popoca, informou que 70 pessoas viajavam no veículo quando este "saiu da estrada por causa de uma falha mecânica" e caiu em um barranco. A mesma fonte informou que o acidente ocorreu antes das 10h (12h em Brasília) na altura das comunidades de La Estancia e Balastrera, no quilômetro 235 da estrada Puebla-Orizaba, em um trecho muito sinuoso. O subsecretário de Defesa Civil de Veracruz, Ranulfo Márquez Hernández, disse que o veículo viajava de Guadalajara, oeste do país, para Veracruz, capital do estado de mesmo nome, quando caiu no barranco. A Defesa Civil estadual está no local para participar dos trabalhos de resgate e o número de mortos pode aumentar. O superintendente de Caminhos e Pontes (Capufe) no estado de Puebla, César Arvide, explicou a uma emissora local que a maioria das vítimas morreu no momento do acidente, como conseqüência do impacto. Duas pessoas teriam morrido no trajeto para os hospitais. Aparentemente, o veículo, de 1984, viajava cheio de turistas e pertencia à empresa Autobuses de Occidente. O acidente complicou ainda mais o trânsito na volta do feriadão da Semana Santa, quando muitos mexicanos foram para cidades turísticas e estavam agora voltando para suas casas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.