AP
AP

Acidente com trem mata 21 e fere mais de cem na Índia

Trem ia de Calcutá para Nova Deli quando seus 12 vagões saíram dos trilhos

AE-AP, Agência Estado

10 de julho de 2011 | 09h34

Pelo menos 21 pessoas morreram quando um trem expresso descarrilou no norte da Índia. A polícia informou que o trem Kalka Mail estava em seu caminho de Calcutá para Nova Deli quando seus 12 vagões saíram dos trilhos no estado de Uttar Pradesh. Além dos mortos, as equipes de resgate tiraram mais de cem pessoas feridas dos destroços.

Imagens da televisão local mostraram que um vagão foi lançado para cima de outro, à sua frente, onde se equilibrava precariamente. O número de feridos deve crescer à medida que as equipes de resgate consigam chegar até todos os vagões com a utilização de cortadores de metal. O número de passageiros que estavam no trem ainda não é conhecido.

A causa do descarrilamento também não foi informada, mas há suspeitas de que o maquinista pode ter acionado os freios de emergência. A rede ferroviária da Índia é uma das maiores do mundo e transporta cerca de 14 milhões de passageiros por dia. Acidentes são comuns com as principais causas sendo falta de manutenção e erro humano. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiatremacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.