Acidente de avião deixa 68 mortos

Com pelo menos 90 passageiros, Boeing 737 cai na capital do Quirguistão dez minutos após decolagem

Reuters, AP e AFP, Bishkek, O Estadao de S.Paulo

25 de agosto de 2008 | 00h00

A queda de um Boeing 737 deixou ontem 68 mortos a 10 quilômetros do aeroporto de Manas, em Bishkek, capital do Quirguistão. Entre as vítimas estão os integrantes de um time de basquete juvenil. No início da noite, o primeiro-ministro do país, Igor Chudinov, anunciou que 22 dos 90 passageiros sobreviveram à queda, mas que três estariam desaparecidos. Mais tarde, a porta-voz do governo, Roza Daudova, confirmou que se tratavam de 68 mortos.O avião pertencia à companhia aérea local Itek Air, mas estava sendo operado pela Iran Aseman Airlines. A Itek Air é uma das companhias banidas do espaço aéreo da União Européia por causa de seus precários padrões de segurança. Segundo a imprensa local, o vôo se dirigia à cidade iraniana de Mashad, mas a agência de notícias France Presse divulgou que seu destino era Moscou. O acidente ocorreu cerca de dez minutos depois da decolagem. "A aeronave decolou, teve alguns problemas técnicos e tentou voltar para o aeroporto", disse um funcionário sob condição de anonimato. O porta-voz do Ministério de Situações de Emergência do Quirguistão, Ramis Satybekov, afirmou que a queda pode ter sido causada por alguma falha no motor do avião ou pelo mal funcionamento do sistema de controle de vôo. Segundo Roza Daudova, houve descompressão da cabine da aeronave antes do acidente. RESGATE Equipes de resgate, bombeiros e médicos se dirigiram prontamente ao local do acidente. Militares da base aérea dos EUA em Manas disseram também ter destacado uma equipe para ajudar nos trabalhos de resgate."Nesse momento, 15 feridos estão no hospital de Bishkek, para onde estão sendo levadas mais vítimas", anunciou a porta-voz do ministério da Saúde, Elena Baialinova, no início da tarde. Ela disse à Interfax que muitos dos feridos sofreram queimaduras graves e estavam em condições críticas. O Quirguistão é um ex-Estado soviético, pobre e montanhoso, localizado ao norte da China. Os EUA instalaram uma base militar no país para apoiar suas operações no Afeganistão. O aeroporto internacional de Manas está localizado a 26 quilômetros do centro de Bishkek. OUTRO ACIDENTEAinda ontem, outro acidente aéreo ocorreu na Guatemala, deixando 10 mortos e 4 feridos. O avião, de uma pequena companhia que transportava principalmente turistas, caiu no leste do país. Até a noite de ontem, a nacionalidade dos passageiros não havia sido confirmada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.