Acidente de avião mata 18 pessoas no leste do Nepal

Piloto perdeu o controle do aparelho quando se aproximava do aeroporto e atingiu uma montanha

Efe,

08 de outubro de 2008 | 02h05

Dezoito pessoas morreram em um acidente de avião nesta quarta-feira, 8, no leste do Nepal, informou um porta-voz da companhia aérea Yeti Airlines. O incidente ocorreu durante a manhã (horário local) quando o avião se aproximava do aeroporto da localidade de Lukla, que costuma servir como ponto de partida para as expedições ao monte Everest.   O piloto perdeu o controle do aparelho quando se aproximava do aeroporto, na região de Khumbu, e o avião acabou atingindo uma montanha e se incendiou, segundo o porta-voz da Yeti Airlines Biniya Shakya. Na aeronave viajavam 19 pessoas - 16 passageiros e 3 tripulantes - e apenas um membro da tripulação sobreviveu ao acidente, afirmou Shakya.   Dos 16 passageiros mortos, dois são do Nepal, 12 são alemães e outros dois são australianos. Lukla é um popular destino turístico que serve como ponto de partida para as expedições para o monte Everest. Esta época do ano é considerada temporada alta nos destinos de montanha do país do Himalaia.

Tudo o que sabemos sobre:
tráfego aéreoacidente aéreoNepal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.