Acidente de avião na Argentina mata todos os 22 a bordo

Aeronave caiu em local de difícil acesso na Patagônia; testemunha disse ter visto bola de fogo no céu antes da queda.

BBC Brasil, BBC

19 de maio de 2011 | 05h33

Um pequeno avião de passageiros caiu na noite desta quarta-feira na região da Patagônia, no sul da Argentina, matando todos os 22 ocupantes, segundo as autoridades locais.

O avião, da companhia aérea Sol, viajava entre as cidades de Neuquén e Comodoro Rivadavia quando desapareceu dos radares, após emitir um alerta de que passava por dificuldades.

Os destroços do avião, um Saab 340, foram encontrados a 25 quilômetros a sudoeste da cidade de Los Menucos, na Província de rio Negro.

O diretor de um hospital local afirmou que nenhum dos ocupantes do avião - 19 passageiros, incluindo um bebê, e três tripulantes - sobreviveu e que a aeronave ficou "totalmente destruída e queimada", segundo a mídia argentina.

Bola de fogo

De acordo com relatos divulgados pela mídia argentina, o avião pode ter sofrido com congelamento durante o voo.

Um comunicado da companhia aérea, porém, afirmou que não há até agora nenhuma indicação sobre o que causou o acidente.

A empresa disse ter recebido uma comunicação de emergência do avião por volta das 21h (mesmo horário de Brasília), quando a aeronave estava na metade de seu trajeto previsto.

A prefeita de Los Menucos, Mabel Yahuar, afirmou à mídia argentina que um homem havia visto uma bola de fogo no céu e alertou as autoridades.

Segundo ela, o local da queda é de difícil acesso, principalmente no escuro.

"Não há sinal de telefone celular na região. É um local desabitado e muito frio", disse ela.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.