Acidente de avião na China matou 42, diz agência

O acidente com o avião da Henan Airline no aeroporto da cidade de Yichun, na província chinesa de Heilongjiang, deixou 42 mortos, segundo a agência de notícias Associated Press, citando a televisão estatal Xinhua. A aeronave era uma Embraer E-190, que bateu na pista e pegou fogo ao tentar pousar às 21h36 locais (8h36 em Brasília). Quarenta e nove pessoas teriam sido resgatadas.

RENATO MARTINS, Agência Estado

24 de agosto de 2010 | 15h37

Segundo a Administração de Aviação Civil da China (Caac), o avião levava 91 passageiros (cinco deles crianças) e cinco tripulantes. Ele havia decolado de Harbin, a capital da província, às 20h51 locais. A Xinhua não fala em mortos e diz que mais de 40 pessoas foram resgatadas. A Embraer informou que não recebeu informações oficiais sobre o acidente até o momento e que por isso prefere não se manifestar sobre o ocorrido.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaacidenteaviãomortosEmbraer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.