EFE/EPA/RAM
EFE/EPA/RAM

Acidente de avião no Nepal deixa ao menos 3 mortos

Aeronave se chocou com dois helicópteros parados a 30 metros da pista

EFE, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2019 | 05h01

KATMANDU - Pelo menos três pessoas morreram e outras duas ficaram feridas neste domingo, 14, após a queda de um avião que tentava decolar do aeroporto nepalês de Lukla, perto do Monte Everest. O avião colidiu contra dois helicópteros parados em um heliporto a cerca de 30 metros da pista.

O acidente aconteceu pela manhã quando o aparelho, pertencente à companhia nepalesa Summit Air, perdeu o controle ao decolar e derrapou para o lado direito da pista, segundo o porta-voz do Aeroporto Internacional de Tribhuvan, Pratap Babu Tiwari.

O porta-voz da polícia nepalesa, Utam Raj Subedi, afirmou que o copiloto do aparelho e dois policiais que estavam na pista morreram na hora.

Subedi detalhou que não havia passageiros a bordo do avião no momento do acidente, e acrescentou que o capitão que comandava o aparelho acidentado ficou ferido e foi hospitalizado, mas se encontra estável.

Dois membros da companhia Manang Air, proprietária de um dos helicópteros, também ficaram feridos e foram hospitalizados, explicou o porta-voz do hospital internacional Grande de Katmandu, Chitra Bahadur Magar.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    Nepal [Ásia]acidente aéreo

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.