Acidente de ônibus deixa 28 mortos na Malásia

Pelo menos 28 pessoas morreram hoje em um acidente com um ônibus de dois andares em uma rodovia da Malásia. O veículo levava turistas para Kuala Lumpur, após uma viagem de fim de semana para as populares Cameron Highlands, no centro malaio. Vinte e duas pessoas morreram no local e outras seis morreram após serem levadas ao hospital. Mais de dez passageiros ficaram feridos.

AE, Agência Estado

20 de dezembro de 2010 | 10h13

Segundo informou um policial do distrito, o ônibus bateu contra uma barreira de proteção e caiu sobre uma área montanhosa e inclinada. O acidente pode ter sido causado por excesso de velocidade ou por uma falha no freio, segundo o policial, que pediu anonimato.

O ônibus aparentemente era operado pela San Holiday Express, uma companhia de turismo sediada na Malásia. O diretor-assistente da empresa, Sor Eng Hock, disse à agência de notícias estatal da Malásia, Bernama, que estava "muito chocado e triste", acrescentando que a companhia nunca esteve envolvida em um grande acidente.

Os rodovias na Malásia têm um limite de velocidade de 110 quilômetros por hora, mas é comum que os motoristas ultrapassem esse limite. Muitos acidentes já foram atribuídos a motoristas sem treinamento ou licença, ou mesmo por alguns casos de consumo de drogas para o motorista ficar acordado.

Entre os mortos no acidente de hoje havia três malaios, o motorista, seu assistente e um guia, segundo o policial. As outras vítimas eram tailandesas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Malásiaacidenteturistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.