Acidente em submarino britânico deixa dois mortos no Ártico

Dois integrantes da Marinha Real Britânica morreram em um acidente a bordo do submarino nuclear "HMS Tireless" no oceano Ártico, disse o Ministério da Defesa nesta quarta-feira, 21. De acordo com a Marinha dos EUA, o submarino teve problemas com um pedaço do equipamento de purificação de ar na secção frontal e a vela de oxigênio explodiu. Segundo o Ministério britânico, seu reator nuclear não foi afetado."Parentes próximos foram informados e nessa hora difícil demos a eles e a seus amigos nossa compreensão", afirmaram as Forças Armadas em declaração.Outro tripulante, ferido, foi levado a um hospital militar no Alasca e depois levado a cidade de Anchorage. "Os ferimentos não colocaram a vida dele em risco e esperamos que ele se recupere complemente", dizia a declaração."A companhia da embarcação solucionou o problema rapidamente e de forma profissional. Como resultado temos apenas danos superficiais ao compartimento frontal", afirma a declaração.O submarino é de propriedade conjunta do Reino Unido e dos EUA e não carregava mísseis nucleares. Em exercício, estava a 274 quilômetros sob o gelo quando o incidente ocorreu.A Guarda Nacional Aérea do Alasca recebeu uma ligação por volta de 22h30 no horário local na quinta-feira. Uma embarcação foi enviada para reabastecer o submarino danificado 57 minutos após o incidente, disse o porta-voz da Guarda, Kalei Brooks.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.