Acidente em Uganda mata mais de 70 pessoas

Caminhão levava soldados e familiares quando atingiu barreira de concreto; número de vítimas deve aumentar

Associated Press,

27 de agosto de 2007 | 09h00

Um acidente com um caminhão que levava soldados e seus familiares matou pelo menos 72 pessoas em Uganda nesta segunda-feira, 27. Segundo o porta-voz do Exército do país, major Felix Kulayigye, o veículo atingiu uma barreira de concreto em uma estrada a cerca de 250 quilômetros da capital, Kampala, na noite de domingo. Os soldados e seus familiares haviam deixado seus postos na fronteira com o Quênia. "Estamos tentando determinar as causas do acidente", disse Kulayigye, acrescentando que ainda não está claro o número de passageiros que viajavam no caminhão. Em Uganda, caminhões com bancos improvisados são um meio de transporte comum para percorrer longas distâncias. Acidentes nas estradas do país também são freqüentes, por conta das más condições das rodovias e dos veículos. Autoridades estimam que pelo menos 2 mil pessoas morrem por ano em acidentes no país.

Tudo o que sabemos sobre:
AcidenteÁfrica, Uganda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.