AP
AP

Acidente entre dois trens deixa ao menos 20 mortos e 65 feridos no Paquistão

Choque ocorreu quando o Express Zakaria atingiu, a toda velocidade, o Express Farid, que estava parado perto de uma estação e transportava passageiros, conforme o porta-voz dos ferrovias paquistanesas

O Estado de S. Paulo

03 de novembro de 2016 | 09h00

ISLAMABAD - Pelo menos 20 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas em um acidente entre dois trens nesta quinta-feira, 3, perto de uma estação no sul do Paquistão.

O choque ocorreu no início desta manhã na cidade de Carachi, quando o Express Zakaria atingiu, a toda velocidade, o Express Farid, que estava parado perto de uma estação e transportava passageiros, conforme o porta-voz dos ferrovias paquistanesas, Nasir Nazir.

Ele acrescentou que os trabalhos de resgate estão em andamento e que o número de mortos ainda pode aumentar. Segundo Nazir, até mil passageiros poderiam estar dentro dos trens.

Conforme anunciou o ministro das Ferrovias, Khawaja Saad Rafique, a emissoras de televisão locais, o acidente ocorreu em razão de um erro humano, e não por uma falha no sistema de comunicação, como anunciado previamente. 

Veja abaixo: Acidente entre trens deixa dezenas de mortos no Paquistão

O porta-voz disse acreditar que o Zakaria teria recebido ordens equivocadas pelo rádio e por isso não parou. Em novembro de 2015, um choque causou a morte de 13 pessoas, além de deixar centenas de feridos na Província de Baluchistão.

O tráfego de trens entre Karachi e o restante do país foi suspenso em razão do acidente, de acordo com veículos de comunicação locais. /REUTERS, EFE e AFP

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoTrem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.