Acidente entre ônibus e caminhão mata 32 no Paquistão

Um ônibus se chocou contra um caminhão-tanque que levava petróleo no sul do Paquistão, na madrugada de hoje, provocando um forte incêndio que matou 32 pessoas, segundo a polícia. O acidente aparentemente ocorreu porque o motorista do ônibus dormiu e perdeu o controle do veículo, disse Mohammad Faruc, comissário da polícia local no distrito de Jamshoro.

AE, Agência Estado

23 de janeiro de 2011 | 14h43

Os passageiros haviam pedido duas vezes para o motorista parar e descansar. Os 32 mortos incluíam mulheres e crianças, informou Faruc. Outras nove pessoas ficaram feridas no acidente, ocorrido perto da cidade de Nooriabad.

Somente um grupo de homens jovens foi capaz de sair do ônibus em chamas e escapar, disse um sobrevivente a um canal de televisão local. O restante dos passageiros morreu queimado.

Os acidentes com mortes são comuns nas rodovias do Paquistão, já que os motoristas do transporte público não estão treinados o suficiente e trabalham muitas horas. Os rodovias não têm boa manutenção e as normas de tráfego são violadas de modo generalizado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.