AP
AP

Acidente ferroviário na Argentina deixa 3 mortos e mais de 100 feridos

Choque ocorre 16 meses depois de colisão similar ter deixado 51 mortes em Buenos Aires

O Estado de S. Paulo,

13 de junho de 2013 | 10h53

(Atualizada às 15h55) CASTELAR - Ao menos três pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas em um acidente entre dois trens no subúrbio de Buenos Aires nesta quinta-feira,13. As duas composições bateram na cidade de Castelar, cerca de 30 quilômetros a oeste da capital.

Testemunhas disseram que um dos trens estava parado nos trilhos alguns metros antes da estação Castelar quando o outro bateu por trás. Ao menos uma pessoa morreu e outras 155 ficaram feridas, disseram autoridades.

"A situação é grave. Temos uma quantidade importante de feridos. Estamos trabalhando com a equipe de emergência para retirar as pessoas", disse a uma rádio Lucas Ghi, intendente de Morón, onde fica Castelar.

O sistema ferroviário argentino, em crise por décadas de baixos investimentos, transporta diariamente milhões de pessoas, especialmente entre Buenos Aires e sua periferia. Em fevereiro do ano passado, 51 pessoas morreram quando um trem lotado de passageiros não conseguiu frear e bateu na estação terminal Once, no centro da capital argentina.

O acidente desta quinta-feira aconteceu pouco depois das 7h da manhã. As duas composições se dirigiam de Once para Moreno, que fica 40 quilômetros a oeste de Buenos Aires. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.