Reprodução/yabiladi.com
Reprodução/yabiladi.com

Acidente mata 31, a maioria adolescentes, no sul do Marrocos

Por motivos ainda não esclarecidos, ônibus bateu de frente em caminhão; jovens voltavam de competição esportiva nacional

O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2015 | 09h49

RABAT - Um acidente entre um ônibus e um caminhão em uma estrada próxima da cidade de Tan-Tan, no sul do Marrocos, matou 31 pessoas, a maior parte crianças, informou a agência "MAP".

Fontes do governo local de Tan-tan disseram à EFE que "a maioria das vítimas são crianças de entre 12 e 14 anos", que voltavam um torneio esportivo escolar em nível nacional. 


No entanto, também há adultos entre os passageiros acidentados, porque se tratava de um ônibus de linha entre Rabat e El Aaiun (capital do Saara Ocidental), de onde eram as crianças.

Nove feridos que foram levados para o Hospital Hassan II de Tan-Tan são jovens de entre 18 e 22 anos, dos quais dois estão em estado muito grave, afirmou o diretor do hospital, Abdallah Daqaqi. Outras fontes médicas disseram que o número de mortos poderia chegar a 40, mas não existe ainda confirmação oficial.

Segundo o portal "alyaoum24", o ônibus transportava um grupo de crianças desportistas que iam para El Aaiun depois de terem participado nos últimos dias dos Jogos Nacionais de Escolas de Esporte, nas proximidades da capital Rabat, a 1.000 quilômetros dali.

Por razões desconhecidas, o ônibus bateu de frente em um caminhão reboque, que aparentemente transportava produtos inflamáveis, e ficou completamente queimado, como pôde ver-se em algumas imagens publicadas na internet. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Marrocosacidente de ônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.