Acidente mata filho de astronauta israelense

Assaf Ramon, de 20 anos - filho mais velho do astronauta israelense Ilan Ramon, morto em 2003 na explosão do ônibus espacial Columbia, nos EUA - morreu ontem quando o caça F-16 que ele pilotava caiu durante um voo de treinamento sobre a cidade de Hebron, no território palestino da Cisjordânia. Ramon havia concluído sua formação na escola da Força Aérea israelense há apenas três meses. Seu pai entrou para a história como o primeiro e único astronauta israelense. "Hoje, toda nação está de luto pela morte de Assaf, que caiu dos céus como seu pai, Ilan", lamentou o premiê israelense, Binyamin Netanyahu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.