Acidente mata policial em caravana de Hillary

Um policial que acompanhava de moto acaravana da senadora Hillary Clinton morreu num acidente, nasexta-feira, a caminho de um comício da campanha eleitoral delaà Presidência dos EUA. "Acabo de saber da morte de um policial de Dallas numacidente devastador, que ocorreu quando os agentes de motoestavam à frente dos nossos carros nesse local", disse Hillarya jornalistas. A polícia identificou o agente morto como sendo o caboVictor Lozada-Tirado, na corporação desde dezembro de 1988, paide dois meninos e duas meninas. Em nota, a polícia disse queLozada-Tirado acertou um meio-fio, perdeu o controle da moto ecaiu, às 9h15 (12h15 em Brasília). Jornalistas num ônibus que acompanhava o carro de Hillaryviram o agente caído numa poça de sangue na pista, num viadutono centro de Dallas, a alguma distância da moto avariada. "Estamos comovidos com esta perda de vida no cumprimento dodever", disse Hillary, que manifestou pêsames à família e àcorporação do policial. Hillary, que disputa a indicação democrata à Presidênciacom o também senador Barack Obama, fez apenas uma rápidaaparição no comício na vizinha Fort Worth, pois se apressoupara visitar a família do agente morto antes de embarcar paraOhio, que também realiza a sua eleição primária no dia 4, aexemplo do Texas. (Reportagem de Claudia Parsons)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.