Ações de bancos catalães fecham em baixa na Bolsa de Madri após independência

Título do CaixaBank, o maior banco catalão e terceiro da Espanha, fechou com queda de 2,74%; Sabadell também teve queda

O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2017 | 17h25

MADRI  - Os bancos catalães sofreram grandes perdas na Bolsa de Madri nesta sexta-feira, 27, após o Parlamento da Catalunha declarar unilateralmente sua independência do resto da Espanha. 

+Rajoy dissolve Parlamento da Catalunha e convoca eleições para 21 de dezembro

O título do CaixaBank, o maior banco catalão e terceiro da Espanha, fechou com queda de 2,74%, a 3,84 euros, enquanto o do Banco Sabadell recuou 4,85%, a 1,59 euro. Na sessão, o principal índice da bolsa, o Ibex 35, fechou em -1,45%.

Menos de uma hora depois da proclamação da secessão, o Senado espanhol autorizou a intervenção na Catalunha por parte do governo central, para frear a tentativa de separação. 

+Entenda: o que significa a declaração de independência da Catalunha?

CaixaBank e Sabadell já tinham visto suas ações perderem valor após o referendo de autodeterminação inconstitucional organizado pelo Executivo catalão em 1 de outubro. 

Dias depois, ambos os bancos tiraram sua sede social da Catalunha, diante dos saques de seus clientes, preocupados com a incerteza política.

Nem CaixaBank, nem Sabadell divulgaram o montante dos saques, mas ambos garantiram que a mudança da sede controlou a saída de dinheiro, e a tendência foi rapidamente revertida. 

Os dois bancos integram o grupo de quase 1.700 empresas que decidiram migrar sua sede social para fora da Catalunha desde 1o. de outubro. /AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.