Ações europeias têm menor nível de fechamento desde março por preocupação com Iraque

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou com declínio de 0,65 por cento, aos 1.305 pontos, nível mais baixo de fechamento desde 24 de março

TRICIA WRIGHT, REUTERS

08 de agosto de 2014 | 15h01

As ações europeias fecharam em queda nesta sexta-feira, pela sétima vez em oito sessões, devido ao maior nervosismo depois que aviões de guerra dos Estados Unidos atacaram o Iraque pela primeira vez desde que tropas norte-americanas se retiraram do país em 2011.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou com declínio de 0,65 por cento, aos 1.305 pontos, nível mais baixo de fechamento desde 24 de março.

"Simplesmente não há compradores, e os índices ficam rompendo níveis de suporte um atrás do outro", disse o analista do FXCM Vincent Ganne.

"As pessoas foram pegas de surpresa. Os riscos geopolíticos foram tratados como 'ruído' por investidores nos últimos meses, mas agora eles de repente percebem que é muito mais do que apenas 'ruído'."

Tensões entre o Ocidente e a Rússia e o avanço de militantes sunitas no Iraque alarmaram investidores que já pesavam as implicações de dados econômicos europeus fracos e a perspectiva de aperto monetário nos Estados Unidos.

A produtora de petróleo listada em Londres Afren disse que suspendeu a produção no campo petrolífero de Barda Rash, a primeira a fechar no Curdistão iraquiano. Suas ações caíram 0,9 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,45 por cento, a 6.567 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,33 por cento, a 9.009 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,05 por cento, a 4.147 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,33 por cento, a 19.193 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,26 por cento, a 10.104 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,8 por cento, a 5.409 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.