Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Acordo do gás com Europa não vale,diz presidente russo

O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, disse neste domingo que o acordo patrocinado pela União Europeia para a retomada do fornecimento do gás russo aos consumidores europeus, através de gasodutos que cortam a Ucrânia, não é válido. Ele deu as declarações durante uma discussão com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov. A reunião entre os dois foi exibida pela televisão estatal."Eu penso que aqueles que assinaram esse documento com reservas entendem muito bem as consequências legais dos seus atos", disse Medvedev a Lavrov. "Como resultado, nós somos obrigados a considerar o documento assinado como nulo e sem validade para nós. Nós não o implementaremos enquanto essas reservas não forem retiradas", disse Medvedev, referindo-se a cláusulas que foram incluídas pela Ucrânia no acordo.A Rússia cortou o fornecimento de gás natural para a União Europeia, via Ucrânia, na quarta-feira da semana passada.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

11 de janeiro de 2009 | 18h12

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiagás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.