Acordo no Zimbábue chegou a impasse, diz oposição

A oposição do Zimbábue declarou hoje que as negociações para dividir o poder no país com o presidente Robert Mugabe chegaram a um impasse. Mesmo assim, a oposição informou que ainda confia na mediação do ex-presidente da África do Sul, Thabo Mbeki. O principal líder da oposição, Morgan Tsvangirai, deixou as negociações irritado no começo da noite de hoje (horário local) e não quis falar com a imprensa. O porta-voz de Tsvangirai, Nelson Chamisa, disse que os negociadores "chegaram a um impasse em todas as questões". No entanto, Mbeki ainda está em Harare e mantém conversas com Mugabe e o segundo líder da oposição, Arthur Mutambara. Chamisa afirmou que seu partido político ainda espera que Mugabe ceda e permita o reinício das negociações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.