Acordo nuclear com o Irã entra em nova fase

Teerã e representantes do P5+1 iniciam negociações sobre questões técnicas do programa; prazo final para acordo definitivo é 30 de junho

O Estado de S. Paulo

22 de abril de 2015 | 14h17

VIENA - Com um novo prazo no horizonte, 30 de junho, o Irã e o grupo das seis grandes potências - EUA, China, Rússia, França, Grã-Bretanha e Alemanha - retomaram nesta quarta-feira, 22, em Viena, as negociações sobre as questões técnicas e legais relacionadas ao polêmico programa nuclear de Teerã. No início deste mês, um acordo preliminar foi anunciado e um definitivo deve ser concluído até 30 de junho.  

A Subsecretária de Estado dos Estados Unidos, Wendy Sherman, o vice-ministro de Relações Exteriores do Irã, Abbas Araghchi, e a comissária da União Europeia (UE), Helga Schmid, iniciaram a nova fase de reuniões em Viena. O Irã nega qualquer interesse em produzir armas nucleares, mas concordou em reduzir a capacidade de urânio, que poderia ser usado para produzir bombas. Em troca, o país quer que as sanções impostas pelo Ocidente sejam levantadas.

Alguns detalhes complexos sobre datas e monitoramento ainda precisam ser discutidos para que o acordo saia até o prazo limite. Os ministros de Relações Exteriores do Irã, dos Estados Unidos e dos cinco outros países que participam das negociações devem se reunir nas próximas fases da negociação. / ASSOCIATED PRESS e EFE

Tudo o que sabemos sobre:
IrãEstados UnidosUEacordo nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.