Acordo nuclear de Rússia e EUA sai este mês, diz fonte

Um importante funcionário do Kremlin disse a agências de notícias russas que Moscou e Washington esperam concluir um novo acordo de não proliferação de armas nucleares neste mês. O Start I, assinado em 1991, expirou na sexta-feira. Ele obrigava cada um dos países a eliminar suas ogivas nucleares para cerca de 6 mil unidades, e detalhava procedimentos de fiscalização.

AE-AP, Agencia Estado

08 de dezembro de 2009 | 19h29

As agências de notícias "Interfax" e "RIA" citaram o conselheiro presidencial Arkady Dvorkovich dizendo, hoje, que a Rússia e os Estados Unidos pretendem finalizar as conversações para um novo plano neste mês.

O presidente Barack Obama e seu colega russo, Dmitry Medvedev, concordaram, durante uma reunião de cúpula em Moscou, em julho, em reduzir o número de ogivas nucleares que cada país possui para algo entre 1.500 e 1.675 no prazo de sete anos, como parte de um novo tratado.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaEUAacordoarmas nucleares

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.