Acordo para preservar biodiversidade é aprovado no Japão

Representantes de 193 países reunidos no Japão aprovaram, depois de duas semanas de negociações, um pacote internacional de medidas para promover a conservação e o uso sustentável da biodiversidade global. A aprovação ocorreu já nas primeiras horas do sábado (30), pelo horário local, durante a 10ª Conferência das Partes (COP 10) da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) na cidade japonesa de Nagoya.

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 17h39

O pacote inclui um Plano Estratégico de 20 metas para 2020, a criação de um mecanismo internacional de financiamento para apoiar o cumprimento das metas e um protocolo de acesso e repartição de benefícios relacionados ao uso de recursos genéticos de animais, plantas e micro-organismos.

A plenária de encerramento do encontro estendeu-se bem além do previsto. Chegou a haver dúvidas quanto à aprovação das propostas. A plenária terminou às 3 horas da manhã de sábado, pelo horário local, nove horas depois do prazo originalmente esperado.

Entre as metas adotadas, estão a proteção de pelo menos 17% dos ecossistemas terrestres e de água doce, e 10% dos ecossistemas marinhos e costeiros do planeta. A perda de hábitats deverá ser reduzida em pelo menos 50%, podendo chegar a quase 100% "onde for possível". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ambienteacordobiodiversidadeJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.