Acordo sobre racismo está quase pronto

Segundo uma fonte oficial da África do Sul, um acordo foi selado entre europeus e africanos na conferência sobre o racismo, em Durban, na África do Sul. A agência de notícias Associated Press conseguiu uma cópia de uma parte do texto onde os delegados confirmam o que foi debatido na última semana. "O trabalho escravo e o comércio de escravos são crimes contra a humanidade."O texto ainda afirma que a conferência e seus membros estão cientes de suas obrigações morais diante desse espinhoso assunto. Esses termos e outras resoluções devem ser aprovados hoje até o final do encontro.O ministro do Exterior da África do Sul, Nkosazana Dlamini-Zuma, disse que houve consenso entre as delegações. Já os países islâmicos, não satisfeitos com a resolução, tentaram incluir críticas a Israel, mas foram censurados pela União Européia, Canadá e Austrália.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.