Acusado assume culpa por utilizar aids como arma

Um homem acusado pelas autoridades norte-americanas de transmitir o vírus HIV a pelo menos cinco mulheres declarou-se culpado de ataque grave com arma mortal. De acordo com advogados, esta é a primeira vez que alguém é acusado no Texas de transmitir conscientemente o vírus da aids durante relações sexuais. Paul Leslie Hollingsworth, de 46 anos, foi sentenciado a nove meses de liberdade condicional. A promotoria informou que Hollingsworth recebeu uma sentença curta por estar em estágio avançado da doença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.