AFP PHOTO / POOL / Michele Eve Sandberg
AFP PHOTO / POOL / Michele Eve Sandberg

Acusado de matar 17 em ataque a tiros na Flórida comparece a tribunal

Vestindo o uniforme laranja da prisão, Nikolas Cruz, de 19 anos, sentou-se com a cabeça baixa durante a audiência perante a juíza Elizabeth Scherer, em Fort Lauderdale

O Estado de S.Paulo

19 Fevereiro 2018 | 16h33

PARKLAND, EUA - O ex-aluno de uma escola da Flórida, acusado de matar 17 pessoas em um tiroteio, compareceu nesta segunda-feira, 19,  ante o tribunal, em sua primeira aparição pública desde que foi detido sem direito a fiança por assassinatos premeditados.

+ Família que abrigou atirador da Flórida diz que não imaginava que ele seria um ‘monstro’

Vestindo o uniforme laranja da prisão, Nikolas Cruz, de 19 anos, sentou-se com a cabeça baixa durante a audiência perante a juíza Elizabeth Scherer, em Fort Lauderdale, Flórida.

O primeiro tema debatido na audiência, que deve ser longa, foi o desbloqueio de uma moção impetrada pela defesa do acusado. 

Cruz foi acusado de 17 homicídios qualificados. Ele está preso sem direito a fiança desde quinta-feira. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.