Acusado de matar soldado britânico vai a tribunal

O principal suspeito do assassinato de um soldado britânico na semana passada compareceu ao tribunal para a primeira audiência nesta quinta-feira, 30. Algemado, Michael Adebowale, de 22 anos, permaneceu sentado - com a permissão do juiz - por causa dos ferimentos sofridos em uma troca de tiros com a polícia.

AE-AP, Agência Estado

30 Maio 2013 | 12h05

Ele é um dos dois acusados de atacar o oficial Lee Rigby, nas proximidades de um quartel militar em um subúrbio de Londres na quarta-feira passada. Adebowale foi acusado pelo crime na noite dessa quarta, dois dias após ser liberado do hospital. O outro suspeito, Michael Adebolajo, de 28 anos, continua hospitalizado, mas também deve ir ao tribunal assim que receber alta.

Divulgados nesta quarta-feira, 30, os resultados da perícia revelam que o soldado, de 25 anos, foi primeiro atropelado por um carro e, em seguida, atacado pelos dois criminosos. De acordo com o relatório, ele foi alvo de diversas facadas.

O esquema de segurança da primeira audiência de Adebowale foi extremamente forte. Segundo a polícia, ele também é acusado de ameaçar outras pessoas com um revólver. Adebowale permanece detido e uma nova audiência está marcada para a próxima segunda-feira. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Reino Unidomortesoldado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.